Pistas para a gestão da coleção digital

Imprensa de Gutenberg, litografia de Jost Amman (1539-1591), fonte: Meggs, Philip B. A History of Graphic Design. John Wiley & Sons, Inc. 1998. (p 64).

Ainda a propósito da clarificação do conceito de “gestão da coleção”, no contexto dos novos desafios digitais da biblioteca-escolar, gostaria de falar do contributo de Eloy Rodrigues e José Carvalho (1). A coleção digital e a sua intrincada rede de relações e conexões cibernéticas obrigam à mudança constante do conceito, tanto de “coleção”, como de “gestão da coleção”, considerando, que até há bem pouco tempo, as coleções eram, apenas, impressas.

CONTINUAÇÃO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s